Thursday, February 08, 2007

Biblioteca Britânica

A galeria virtual da British Library continua a acumular verdadeiros tesouros. Um manuscrito de Leonardo da Vinci, um bloco de notas de William Blake e um diário musical de Mozart são as últimas novidades disponíveis nas suas prateleiras.

Folhear as páginas dos tesouros literários que estão sob a guarda da British Library era algo que, até recentemente, não estava ao alcance de qualquer um. Apenas investigadores de renome podiam tactear, por exemplo, os desenhos sobre mecânica de Leonardo da Vinci, registados num dos seus cadernos de notas. Este e outros tesouros estão já à disposição de todos os interessados na galeria online desta instituição.

British Library

Esta secção da página não é nova mas continua a enriquecer o seu espólio, contando já com 16 volumes históricos.

Um manuscrito de Leonardo da Vinci, um bloco de notas com poemas famosos de William Blake e um diário musical de Mozart são as últimas novidades.

William Blake (1757-1827), poeta, pintor, tipógrafo e místico, esborratou várias páginas de um caderno com dezenas de versos até chegar à versão final de um dos seus poemas mais famosos, "The Tyger".

Simultaneamente, nas entrelinhas, desenhava esboços de ilustrações para "O Paraíso Perdido", de John Milton.

Ao folhear o seu caderno na galeria online da biblioteca pode ainda espreitar-se (com a ajuda de uma lente) as suas constantes correcções aos versos dos poemários "Songs of Innocence" e "Songs of Experience", e ouvir recitar poemas como "London" ou, o já mencionado, "The Tyger".

A outra "jóia da coroa", um manuscrito de Leonardo da Vinci, é uma compilação que mistura breves tratados, anotações e desenhos sobre mecânica, arquitectura e urbanismo, datada de 1508, que abarca quase toda a carreira deste génio dos sete ofícios.

Os textos, escritos da direita para a esquerda, já que Leonardo era canhoto, podem ler-se com a ajuda de uma lente incorporada que inverte o sentido das letras.

Já o catálogo temático de Mozart regista composições criadas pelo compositor entre 1784 e 1791 (os seus últimos sete anos de vida).

O documento testemunhou um período difícil durante o qual o compositor teve que enfrentar problemas financeiros, tragédias familiares e a frustração de não conseguir um trabalho na corte.

O manuscrito agrega contudo algumas das suas partituras mais conhecidas, entre as quais cinco óperas, sonatas para piano e as últimas três grandes sinfonias.

É ainda possível escutar excertos de "A Flauta Mágica", "As Bodas de Fígaro" e de "O Barbeiro de Sevilha".

Para consultar estas e outras obras é necessário fazer o download do software Turning the Pages, o que não demora muito tempo e lhe assegura uma experiência de navegação mais real.

 

Technorati tags:
Post a Comment

How to mount an ISO file in ubuntu?

Maybe, instead of installing additional software, you can use what the system has to this end: Create a directory to serve as the mount ...